quinta-feira, julho 13, 2006

Botero em Buenos Aires

No Bellas Artes de BsAs Fernando Botero expões 50 obras sobre a violência que há quatro décadas assola a Colombia. Aprecio a sua pintura, com os típicos "gordos" e o vivo colorido - prefiro, contudo, a escultura, com voluptuosidade tri-dimensional e brilho untuoso...

Li em texto introdutório à temática da exposição que a violência no país deve-se ao "terrorismo", à "guerrilha", aos "grupos para-militares de extrema-direita" que assassinam "ex-guerrilheiros" reconvertidos à vida civil. Nenhuma referência à "esquerda" ou "extrema-esquerda. Rigorosamente nada sobre a verdadeira origem do trista fenómeno: a acção revolucionária marxista das FARCS e cia. - assassinos, sequestradores, bombistas e narco-traficantes. Nada disso. Mesmo no século XXI e com milhões de green backs na algibeira, o que dá mesmo é deitar as culpas à "reacção". Plus ça change...

4 Comments:

At 5:53 da manhã, Blogger Jorge Arbusto Sr. said...

Não pude deixar de notar a ausência de blogs sul-americanos nos seus links, não existirão alguns interessantes?

 
At 11:24 da manhã, Blogger FSantos said...

É realmente incrível o despudor da esquerda em compor a "realidade" que lhe convém.

 
At 11:29 da manhã, Blogger Je maintiendrai said...

Alinho consigo na preferência pela escultura boteriana.

 
At 2:32 da tarde, Blogger Euro-Ultramarino said...

Caro Jorge Arbusto Sr.:

É verdade. Agora ando de costas à América do Sul e virado para a Europa. Com certeza os há e muito bons.

Abr.

Caro FSantos:

Sejamos teimosos: continuemos a atirar-lhes a verdade à cara.

Abr.

Cher Je Maintiendrai:

Quem me dera ter uma destas no jardim!

Abr.

 

Enviar um comentário

<< Home